Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bela noite de Sábado

por Isabel Paulos, em 02.08.20

descarregar.jpg

A noite corre de feição. Ao contrário do hábito de há vinte ou trinta anos não vi o jogo, de que fui tendo notícias pela reacção alegre e efusiva dos vizinhos. Uma das grandes vantagens de me ter mudado para uma zona mais popular da cidade.

Liguei a televisão ao apito final e mais uma vez vi gente cheia de azia. Tanto faz haver comentadores representantes dos três grandes, como não. Saem esses e ficam os jornalistas da casa que são tão ou mais facciosos e ressabiados do que os que deixaram de aparecer.

No dia que o Porto ganhou o campeonato, face ao portista contente com a vitória, vi duas criaturas cuja linguagem, olhar e postura corporal provavam doses impressionantes de raiva e despeito. Desliguei a televisão ao fim de dez ou quinze minutos.

Hoje já só apareceram jornalistas autóctones. A raiva e o despeito continuam presentes, mas agora dissimulados em análises sobre o jogo que, como de costume, se consubstanciam em falar de tudo quanto pode menorizar a vitória. Desliguei ao fim de cinco minutos. Ainda mais rápido do que no fim do campeonato.

Amanhã já estarão todos a falar no treinador e nas glórias do Benfica ou nas intermináveis trapalhadas e questiúnculas do Sporting. Que sejam muito felizes, amanhã. Hoje o meu portinho ganhou e posso continuar a noite alegre e a ler as Ficções, de Jorge Luís Borges.

IMG_20200801_224547.jpg

Isto apesar de perceber bastante mais de futebol - que cresci a seguir com atenção, aprender as regras e a apreciar -, do que sobre o sábio e erudito imaginário de Borges. Mas não há como insistir, ler, fuçar e alguma coisa há-de cá chegar, apesar de ter a sensação que para ler este livro, que já me tinha passado pelos olhos duas vezes teria primeiro que cair – como o Obélix na poção mágica -, no caldeirão bibliográfico borgiano, uma fonte inesgotável de força mental.

Vamos ao que interessa: obrigada uma vez mais ao Futebol Clube do Porto - ao treinador e jogadores, à equipa. E com isto passa mais uma buzina estridente. Que se oiçam bem nesta bela noite.

Beijinhos e abraços aos amigos portistas. A taça é nossa. 





Dose recomendada

Accuradio


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D