Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gramática

por Isabel Paulos, em 31.05.21

Impressionante.

Relês o postal Corridinho escrito há precisamente um ano. Recordas bem ter ficado irritada dias depois por ter escrito ‘lembraste’ quando querias usar ‘lembras-te’, pelo que corrigiste o erro. Hoje deste por ti a achar novamente que estava errada a correcção. Perdeste uns minutos a pensar: era a segunda pessoa do pretérito perfeito e não a conjugação do verbo com o pronome que queria usar. Não, não era. Era mesmo o presente com o pronome reflexo.

Que fazer? Já te aconteceu quinhentas vezes, já leste a regra dezenas de vezes. E parece-te impossível fixar. Até dos truques para memorizar te recordas. Mas escreves mais por intuição do que pela gramática.

É um erro recorrente desde criança, tal como a pontuação, para a qual conheces duas ou três regras basilares e tudo o mais te sai por fazer ou não sentido na estrutura e divisão da frase.

Ainda por cima no caso bastava escrever 'lembras' - limando a frase - e utilizar o artigo em vez da contracção da preposição com o pronome e artigo.

O resto do postal remete para a poesia. E de momento não andas com vontade de versejar. O que não quer dizer que reapareça a qualquer momento.






Dose recomendada

Accuradio


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D