Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Insectos

por Isabel Paulos, em 28.05.21

Admito defeito grave: não sei ler ou ouvir traçar perfis de carácter ou psicológicos e em muitos casos ler ou ouvir narrar histórias alheias. Daí me cansarem os enredos e as intrigas. Cada um vê os outros e as suas vidas como vê. Ainda que em silêncio, tendo a irritar-me com exposições de traços de personalidade e percursos de vida. Vejo essas análises quase sempre muito ao lado do que o outro é de facto. Quase sempre estereotipadas ou decorrentes de preconceito ou ressentimento. Parece-me ultrajante o despudor ou a pretensão com que se julga conhecer o outro e como se cataloga, fazendo-o parecer uma qualquer espécie de insecto. Soa-me à vingança do ‘optera’ onde não encontro nem vida nem alma do bicho.

A contradição: como todos também rotulo, considerando correctas as minhas etiquetas. Com toda a certeza decorrem de preconceitos e ressentimentos ou são estereotipadas. Sucede que me convenci que ao sentir o que escrevo, e ao estar de modo militante do lado de fora das tribos e das correntes opinativas dominantes, vejo com mais realismo. Mais verdade. É sem sombra de dúvida uma pretensão.

Também me irrita a onda de relativização de defeitos humanos graves, empacotando-os no lote de contradições da vida. A visão do ser humano como um somatório de qualidades de defeitos numa vida de contradições pode ser muito fiel à realidade (dos factos), mas é em muitos casos auto-justificativa. A onda de relativização traduz-se em mera absolvição psicológica, num tempo em que já não se usa absolver moralmente. Estaria tudo muito bem, se ao menos houvesse consciência deste expediente.






Dose recomendada

Accuradio


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D