Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Irritações

por Isabel Paulos, em 17.07.20

angry.png

À espera de ataques apinhados de pontos de exclamação e reticências de gente muito ofendida com a minha mania - no lugar dos sensíveis atiraria já com um ‘possidónia’ -, revelo a minha segunda irritação: ‘falar para’ em vez de ‘falar com’ é das coisas mais rascas que leio e oiço.

Aprendam: é assim que se ganha amigos a rodos. 

Irritações

por Isabel Paulos, em 06.07.20

Capturar.PNG

Apesar de reconhecer que cometo vários erros gramaticais (alguns graves) e que todos os dias me encho de dúvidas ao escrever, não deixo de notar nos maus usos da língua portuguesa. Por mero preciosismo de educação ou vivência tenho, como todos nós, irritações de estimação. Manias. Começo hoje por contar uma delas.

Fico de pêlo eriçado quando oiço ou leio alguém "meter o livro em cima da mesa", "meter nomes estrangeiros aos filhos" ou pérolas do género. Já não digo para colocarem por poder parecer pretensioso, mas por amor de Deus: ponham. O verbo pôr existe e é para ser usado. Creio que a explicação para o uso abusivo e grosseiro do verbo meter está no facto desta nova geração que perora na televisão e nas redes sociais ser filha dos que nos diziam há trinta anos que quem põe são as galinhas. E pronto, estamos nisto.

*

Adenda: grata a quem avisou da falha 'oiço o leio'. Já emendei.




Dose recomendada

Accuradio


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D