Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Terça-feira de Carnaval

por Isabel Paulos, em 26.02.20

vaso-amarelo.jpg

*

A manhã doce entre a sornice
e o pós segunda grande guerra
do livro entre os lençóis,
o almoço e no jornal da tarde
nada que não preveja.

O guarda-chuva aberto
por pouco tempo
no giro às redondezas mais afastadas,
a premonição do carro estacionado
para trás sobre nós a descair,
como sobre a prima pianista.
Três casas recuadas
com jardim na frente,
uma decrépita, outra habitada,
a última nem coisa nem outra,
o ângulo-morto do guarda-chuva,
a visão do carro em marcha-atrás,
o embate lento e suave,
o berro firme e másculo de aviso,
tudo bem
no aperto de mão
entre dois homens educados,
nenhuma mazela
só o tremor feminino
tocado pelo dedo que adivinha
e continuamos caminho.

Na esplanada
quatro mesas vermelho Buondi
quatro vasos de plástico coloridos
e gola rendada,
o nosso amarelo espantado,
entremeado com o verde imaginário,
depois do lilás do laço no rapaz baratinado,
e antes do azul do balneário,
as flores rosa e para sempre viçosas,
dezasseis cadeiras brancas,
dois cafés, uma água castelo
e uma casa demasiado grande
junto ao xis do mapa do tesouro
do roteiro Porto 2001.

De regresso
à cada vez mais
merecida e nossa casa,
nova, querida e esticada preguiça
antes do preparo do quase nortenho rancho
quase do sul jantar de grãos,
a batotice no abreviado arranjo
nem saiu nada mal
e ainda sobrou almoço
para amainar o corropio de amanhã.






Dose recomendada

Accuradio


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D